Massabi

Massabi
Aquartelamento do Massábi

COMPANHIA DE CAVALARIA 3419

Este blogue é destinado e dedicado especialmente a todos os ex-militares da c. cav. 3419, que prestaram serviço militar obrigatório nos anos de 1971 a 1973, em plena Floresta do Maiombe - CHIMBETE e MASSABI.
Tem como principal finalidade a partilha, o reencontro e o reactivar de contactos entre os que desejam, de algum modo, recordar o passado. Porque recordar é viver, vamos procurar obter e dar novas sobre quantos compartilharam aqueles dois anos (mais mata bicho) do melhor período das nossas vidas.
Nos encontros que anualmente se realizam temos encontrado muitos velhos amigos mas também verificado muitas ausências. Algumas destas ausências sabemos que, infelizmente, são irreversíveis mas todas as outras, vamos tentar novamente reencontrar.
A ideia deste blogue está ainda a dar os primeiros passos, que são sempre os mais difíceis, por isso quem quiser colaborar e tiver fotos interessantes, sobretudo de grupo, é só enviar-me para serem colocadas no álbum. A ideia é apanhar a malta toda! Nas fotos enviadas é importante fazer a identificação dos “cromos” pois os meus neurónios já começam a dar indicações de algum desgaste e, embora reconheça as pessoas, nem sempre as consigo identificar pelo nome.
Quem quiser publicar algum artigo tem o blogue à disposição, envia-me por e-mail e tratarei de o publicar. Fico grato a todos quantos queiram colaborar e tornar melhor este blogue, enviando-me o número dos vossos contactos, fotografias e relatos de histórias vividas.

Um abraço

Enf.Alcides Silva

Vila Real

sábado, 29 de outubro de 2016

Caríssimo amigo Alcides
      O que tenho para te dizer é tão simples como isto: e uma forma de te prestar homenagem por tudo o que tens feito pelo espirito de camaradagem da nossa unidade que ainda hoje perdura e já lá vão mais de quarenta anos do nosso regresso de africa.
      Convém dizer que tu não foste o único de nós que tomou a seu cargo a promoção de almoços anuais e porventura de outros encontros e atividades que não recordo agora, mas que, certamente, aconteceram. Camaradas nossos como o Porfírio o Viana, o Marques, o Barão, o Couto o Rocha e o Licínio, por exemplo, são também credores de admiração de todos e esta carta também tenciona abrange-los num abraço apertado que represente o reconhecimento que sinto serem credores.
      Mas se é facto que muitos dos nossos camaradas, os aqui referidos e os de quem, infelizmente, me esqueci, são credores de admiração pela forma  como tem mantido bem vivo o espirito da nossa Companhia, parece não restarem duvidas  que por tudo o que tens feito mas muito especialmente pela criação do Blog que foste construindo com paciência, entusiasmo e espirito de missão, por tudo isto e não só tu és credor da nossa admiração, podendo por isso dizer-se que tu és o conservador benévolo da memória coletiva da C.Cav. 3419.
        Assim, pela conservação da nossa memória coletiva e da nossa amizade e da forma que ela tem sido revelada a filhos e netos e até a amigos dos nossos camaradas de armas. Venho agradecer-te do fundo do coração tudo o que tens dado de ti para todos nós. Deus te abençoe por isso e á tua família.
       Esta é uma homenagem singela e a titulo, meramente, individual, como é óbvio, mas que gostaria que fosse do conhecimento de todos. Por isso peço-te que vertas o conteúdo desta carta no nosso blog.
Vilamoura 27 de outubro de 2016
Com a admiração e estima e um efetuoso abraço

Vasco Martins

terça-feira, 11 de outubro de 2016


Olá caros familiares da C. Cav. 3419.
Nem sempre tem sido possível a minha presença, mas este ano se tudo decorrer com normalidade, no dia 12 de Novembro lá estarei em Fátima.
Parabéns pelo local escolhido, por ser mais central, mais acessível e com um simbolismo especial.
Que ninguém "desista" de estar no mundo dos vivos e a nossa homenagem aqueles que infelizmente já partiram.
Um abraço para todos.
Elisiário Pinto

domingo, 2 de outubro de 2016

EMENTA do ENCONTRO C.CAV 3419/2016
Quinta do Casalinho Farto - Maxieira
Mesa de Entradas
Camarão, Saladas Frias, Rissóis de Camarão, Rissóis de Carne, Caprichos do Alasca,
Chamussas, Pasteis de Bacalhau, Rolinhos de Carne, Coxinhas de Frango, Pãezinhos c/
Chouriço, Presunto armado, Morcela de Arroz, Chouriço tradicional e  Alheira
Aperitivos líquidos
Martini, Gin Tónico, Moscatel, Vinho do Porto
Whisky, Vinho maduro, Vinho Verde, Cerveja e Refrigerantes
Sopas
(escolher uma)
Sopa de Peixe
Sopa de Legumes
( A Sopa de Peixe tem como alternativa a Sopa de Legumes
Prato de Peixe
Bacalhau à Lagareiro/ batata a murro e migas
Prato Carne
Lombinho com Gambas /arroz de alho e salada mista
Sobremesa
Bolo de Chocolate c/ Frutos Silvestres e Gelado de Morango
(Como alternativa tem Salada de Fruta)
Café e Digestivo
Bolo e Espumante
 Condições Gerais:
1) Crianças até aos 4 anos - oferta
2) Crianças dos 4 aos 10 anos - menos 50%

Preço—26.00 €

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

 Encontro 2016

Camaradas, o nosso 43º almoço convívio realiza-se no dia 12 de novembro no Restaurante Quinta do Casalinho Farto, Rua do Eleio em Maxieira, Fátima, a concentração é feita no Santuário de Fátima, junto á Cruz alta, a partir das 10.00h, ás 11.00 horas iremos assistir a uma missa em sufrágio de todos os nossos camaradas falecidos na Basílica da Santíssima Trindade. Aconselha-se o estacionamento no parque 11 ou 12, Av. Papa João XXIII que fica por trás da nova Basílica,”. A partida para o Restaurante será por volta das 12,30, espera a organização que tal como em anos anteriores este seja mais um grande encontro de convívio de amizade e de camaradagem.
 Alcides Silva, 968637623 - 259332011                 
Restaurante-Quinta do Casalinho Farto,933262436/249530200,
fica a 8 Km do Santuário
Grande abraço

Alcides Silva

segunda-feira, 28 de março de 2016

Mulher
Mulher que foste menina
Com imposição constante
Ser esposa, mãe e amante
Como que fosses divina
Qualquer um de nós imagina
A tua forma elegante
E de forma cintilante
A tua luz ilumina
Nem sempre é muito corrente
Olhar com civilidade
E pensar o que é decente
Haver sempre paridade
E definitivamente
Ter direito à igualdade


 08/03/2016
Luís Cepeda,

domingo, 13 de março de 2016

A GUERRA... UNIU-NOS
NA PAZ! VAMOS-NOS SEPARANDO


ADÉLIO RODRIGUES DA SILVA
"ESMORIZ"


Camaradas, o nosso amigo Silva partiu, é o 21º que nos deixa, fica uma grande saudade, mas não será esquecido.
À nossa querida amiga Maria Benta e a toda a família, o grande abraço solidário de todos os seus camaradas da C. Cav. 3419.
Faleceu no dia 12 de Março de 2016.
Até sempre Amigo.



segunda-feira, 16 de novembro de 2015


ENCONTRO C.CAV. 3419 

14 Novembro 2015

 Companheiros e amigos de luta e de vida do meu marido Luís Samuel Ribeiro Beato

Gostaria de ter as palavras certas para compartilhar com vocês a  dor da minha perda tão repentina e inesperada, mas o nó que tenho na garganta e o aperto que tenho no peito não me permitem  transmitir a dimensão do meu sofrimento.

   Agradeço a todos vocês que tiveram a honra e o privilégio de se cruzarem na vida deste Homem simples, humilde, generoso, amigo verdadeiro, excelente companheiro, com um coração puro e cheio de ternura, com um sorriso e uma serenidade contagiante, como diz o camarada Alcides. Peço, ainda, que o gravem no coração e o recordem com saudade.

  Tenho a certeza que, onde quer que ele esteja está a olhar por cada um de nós e tenho a esperança de algum dia nos voltarem a encontrar. ... Porque quem amamos nunca morre apenas parte antes de nós.

  Resta-nos agora a sua memória, a do bom gigante: gigante nos feitos, gigante nos valores, gigante na imagem física que passava, até parecia maior, porque era um espírito bom.

  Como prova da minha gratidão dedico-vos o poema de SANTO AGOSTINHO:

"O amor não desaparece jamais.

Eu sou eu, vocês são vocês.

O que eu era para vocês, eu continuarei sendo.

Dêem-me o nome que vocês sempre me deram,

Falem comigo como vocês sempre fizeram.

Vocês continuam vivendo no mundo das criaturas,

eu estou vivendo no mundo do Criador.

Não utilizem um tom solene ou triste.

Continuem a rir daquilo que nos fazia rir juntos.

Rezem, sorriam, pensem em mim. Rezem por mim.

Que meu nome seja pronunciado como sempre foi, sem qualquer tipo de ênfase

Sem nenhum traço de sombra ou tristeza.

A vida significa tudo o que ela sempre significou,

o fio não foi cortado.

Eu não estou longe,

Apenas estou do outro lado do Caminho..."

 Obrigada a todos.

Um grande abraço e até sempre.

MARIA JOSÉ GORDINO P. R. BEATO